Nossa sala nova em BH

Antes de falar sobre a nossa sala nova eu preciso comentar como era a nossa antiga, lá em Valadares… Logo que casamos nosso apartamento era uma gracinha (a gente tem um carinho enorme por ele), mas bem pequeno. A sala se dividia com a cozinha por uma bancada – que eu amava, já que prefiro esse estilo mais aberto, mas numa configuração que não cabia mesa jantar e nem um sofá muito grande. Além disso, o sofá não ficava de frente pra televisão, ficava de lado, rs… a gente falava que no nosso próximo apartamento esse era um item essencial: sofá de frente pra tv – até porque uma das coisas que a gente mais faz em casa é assistir televisão.

O segundo item essencial era uma mesa de jantar maior, colocamos lá em Valadares uma mesa redonda e que só cabiam 4 pessoas (tem post dela aqui), então eu era doida por uma maior. Quando viemos pra BH eu defini algumas prioridades e Deus me atendeu em todas (Deus é MUITO maravilhoso): logo que soube da mudança eu pedi a Ele que nos preparasse um apartamento em andar alto (hoje moramos no 10º andar) de frente para a rua e não para os fundos, com janelas grandes, cozinha grande e que fosse maior que o de Valadares. Deus nos atendeu em tudo!

Viemos com nossos móveis de Valadares, mas aqui com mais oportunidades de fazermos como queríamos. A mesa redonda foi pra cozinha e tínhamos uma sala para colocar do nosso jeitinho. Acontece que ainda assim não era grande, os apartamentos em BH são realmente pequenos. Quando viemos eu entrei em alguns prédios mais novos e eram minúsculos: na cozinha era quase que eu ou a geladeira rs. Optamos por um prédio mais antigo com uma planta maior, mas ainda assim nada muito grande. A gente precisou de criatividade para aproveitar o espaço fazendo uma sala de tv conjugada com uma mesa de jantar.

Procuramos uma empresa que fizesse sob medida pra fazer de uma forma que ficasse encaixadinho no nosso espaço. Eu queria realmente aproveitar cada centímetro para ter tudo que eu queria e não ficar mega apertado. Então pesquisei muito e conversei com o pessoal da empresa dos móveis. Vou descrever abaixo alguns detalhes que foram essenciais para ficar como queríamos mesmo sendo uma sala pequena de apartamento.

Mesa com 4 pés – Algumas mesas possuem bases lindas no centro, porém acabam ocupando muito espaço já que as cadeiras precisam ficar mais afastadas da mesa. Principalmente no nosso caso que ela tem 1,80 x 0,90 m qualquer coisa que eu usasse no centro como base a deixaria mais apertada. Ficou sem muito detalhe e bem espaçoso embaixo. Pretendo colocar um quadro na parede acima da mesa, na mesma largura. Ainda não encontrei a tela ideal rsrs, quero algo bem colorido e estou procurando.

Cadeiras – Nas fotos vocês podem ver que são 5 cadeiras à mesa. Na verdade compramos 6, a ideia inicial eram 3 de cada lado e depois eu pensava em comprar mais uma diferente para a 1 cabeceira – do outro lado é encostada na parede. Mas quando colocamos 3 de cada lado até coube, mas muito apertado. Então deixei uma no quarto de visitas, quando for necessário é só buscar la, mas no dia a dia deixando apenas as 5 ficou bem mais prático. Eu fazia MUITA questão que ela fosse com essa tela natural – acho muito bonito e com aquele toque de peça clássica (vi móvel com esse mesmo material até nos museus em Ouro Preto, então é um estilo bem antigo mesmo). Na hora de comprar experimentamos algumas com essa tela tanto no encosto como no assento e não achei muito confortável, além de achar que no assento a tendência a estragar era maior (já que suporta o peso). Decidimos então colocar a tela somente no encosto e fazer o assento em estofamento comum. Ah, mas ainda faltava decidir o tecido: algum tipo de linho ou couro sintético. Pensa comigo: linho sujá só de pensar… courino é geralmente impermeável e passou um paninho úmido tá limpo. Pensei logo nos nossos futuros filhos sujando as cadeiras e em mim mesma derramando vinho, suco… e depois morrendo de raiva hahha. Honestamente não acho que escolhi a opção mais bonita, mas sem dúvidas a ideal pra nossa realidade e para o que buscamos: praticidade, conforto e durabilidade.

Sofá – Nós tínhamos exatamente 1,60 m para o sofá e isso contando com os braços. Acho lindo sofá com braços largos, mas qualquer centímetro que a gente tem no braço no nosso caso diminuía no assento, logo no conforto. Como queríamos muito conforto (lembra como era em Valadares?, rs) a gente diminuiu ao máximo no braço para ganhar espaço para nos acomodar. No fim cada braço tem 10 cm e o espaço para assento ficou mega confortável. Ele é daqueles que a gente puxa e ele aumenta de tamanho – vira quase uma cama e ainda é reclinável.

Painel – Deixa eu contar que eu fui eu que desenhei esse móvel, MUITO arquiteta ela hahha. Eu queria uma prateleira pra colocar alguns objetos de decoração e o principal limpo de aparelhos eletrônicos (modem, tv a cabo…) e se você também prefere assim se liga nessa dica que eu vi na internet e copiei: portas ripadas na parte fechada. Nosso aparelho da net, de internet e qualquer futuro eletrônico ficam ali dentro escondidos e como a porta é vazada o sinal passa – ah, Fabrício mandou fazer um buraco no fundo de cada lateral e já passou fios de energia deixando um ponto de cada lado para o caso de precisarmos ligar alguma coisa. Eu gostei muito de não ter nada exposto, muito mesmo. Acho que fica mais bonito assim. Tem quem me pergunte: Ju, mas deve empoeirar muito ficando assim aberto. Empoeira sim, tem que limpar semanalmente, mas não é nada grande e nem toma muito tempo. Eu preferi assim. A última foto desse post é o desenho em 3d que eu fiz, fala se não tô profissional hahaha.

Vou deixar aqui o contato da empresa que fez tudo pra mim:

  • Planejar Interiores
  • Av. Silviano Brandão, 1.286 – Belo Horizonte
  • Whatsapp: (31) 99468-8357
  • Instagram: /planejar.interiores

Comentários

comentários

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *