Casamento Thaísa e Lucas

Minha irmã se casou no último fim de semana, eu e Fabrício fomos padrinho e vou contar pra vocês sobre o look que usei que eu ameiii!!!

Bom, vamos do começo… Quando Thaísa (minha irmã) me convidou pra ser madrinha no convite estava a paleta de cores escolhida por ela: tons de rosa que iam do rose quartz aos lilás clarinho. Na verdade eu já sabia dessa escolha dela, afinal a ajudei em muita coisa na organização. Na hora não me importei muito, achei que seria fácil encontrar um vestido dessa cor, já que pra todo lado que a gente olha tem casamento com essa cor.

Acontece que coloquei uma coisa na cabeça: o casamento foi no inverno e eu queria mangas. Acho chiqueréééésimo vestido de festa com mangas e queria muito usar um assim. Corri pra Lô Medeiros pra procurar o meu, ela tinha acabado de receber um modelo lindo e justamente com mangas e eu fui toda tranquila experimentá-lo. Mas, pensa na tristeza da pessoa: o vestido era lindo, mas não ficou legal no meu corpo. Eu amava (e ainda amo) ele no cabide, mas “infelizmente não foi feito pra mim”.

Fui experimentar um outro modelo, também lindo e com uma transparência maravilhosa na saia. Não tinha mangas e o colo dele não era o meu modelo preferido (ai, mulher tem dessas coisas, né?). Assim, eu gostei, mas não amei sabe? Mas por fim pensei volto aqui semana que vem visto de novo e faço a reserva dele. Quando voltei adivinhem: o vestido foi alugado pra minha data. Voltei à estaca zero! E isso há menos de um mês do casamento. Dica pra vida: não deixem nada pra depois!

Coloquei a Lô maluca rsrs. Na loja ela tem muuuuitas opções nessa cor, acontece que as opções no meu número não eram o que eu tinha colocado na cabeça. Era casamento da minha única irmã e eu queria estar ME ACHANIIIII. Se fosse outra ocasião e a cor fosse a mesma eu achava fácil um vestido, mas essa ocasião era mais que especial. Mulheres me entendem, né?

Até que mais ou menos 15 dias antes do casamento eu voltei à loja e ACHEI O MEU VESTIDO IDEAL. Gente juro, na hora até gravei vídeo e mandei pra Lô (ela estava em São Paulo buscando novidades pra loja). Foi A empolgação. Ele não tinha mangas, mas tinha um brilho tão maravilhoso que me encantou. Vesti e morri de amores! Mas ainda tinha um detalhe: ele não tinha nem alças! E eu não uso tomara que caia de jeito nenhummmm. Como havia pouco tempo combinei com a costureira da Lô que eu mesma bordaria a alça (ô missão viu gente, valorizemos as bordadeiras viu). No fim das contas eu amei real-oficial meu vestido! Não era minha ideia inicial mas acho que gostei mas do que gostaria se tivesse a tal da manga. Olha só como é lindo gente! Quero agradecer muito a Kamila que trabalha na Lô e me ajudou nessa trabalheira que dei a ela de ficar cheia de ‘exigência’.

Com essa minha experiência eu quero deixar uma dica para quem é noiva e está em busca do seu VESTIDO IDEAL. Talvez você tenha uma ideia ou sonho durante a vida inteira de usar determinado tipo de vestido. Talvez sempre sonhou com um vestido princesa e só vai à procura desse modelo. Eu sugiro a você abrir a cabeça e experimentar diversos modelos: sereia, mais sequinho, rodadão, com manga, sem manga… Enfim, vestir muitas opções pra ter certeza daquilo que escolheu. Pode ser que você confirme e fique ainda mais segura do modelo que quer, mas pode ser que você perceba que fica muuuuito melhor em outro estilo de vestido.

Quando eu for casar já me vejo experimentando todos os modelos que eu achar que pode ser que eu goste rsrs.

*desce o post que contei mais sobre meu look e o Fabrício também.

Fabrício também passou aperto com o ‘deixa pra depois’ deixou pra escolher o terno na semana do casamento e adivinhem: o paletó do jeito que a noiva queria e no tamanho dele já estava alugado pra data. E vou contar pra vocês, Fabrício ama o ternos da Lô porque são super modernos, com corte mega elegante. Acabou que ele alugou na Lô sapato, colete, gravata, sapato e camisa. Usou um paletó que ele já tinha, mas tirou assim que chegou na festa porque não era assim tão bonito como o resto do look.

Quem fez minha maquiagem foi a Lua Meira e o penteado foi a Ester, ambas da equipe do Rainha das Tranças. Foi minha primeira vez lá e gostei muito. Que meninas lindas e talentosas gente! Captaram exatamente o que eu queria e eu sai de lá suuuper feliz. Quando Fabrício me buscou foi logo dizendo que eu estava linda. Que mulher não gosta de ouvir isso?

Eu e minha mãe usamos peças da Danielly Mota. Como meu vestido já era suuuuuper bordado optei por um brinco cravejado de pedras transparentes. Minha mãe estava de vermelho e eu AMO combinar vermelho com verde. A ajudei a escolher este brinco e ela também amou!

Vestido, clutch, terno e gravata: Lô Medeiros

Semijoias: Danielly Mota

Maquiagem: Lua Meira do Rainha das Tranças

Penteado: Ester do Rainha das Tranças

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *