Cabelo curto na vida real

corte-de-cabeloTenho reparado que ultimamente várias celebridades estão tomando coragem e radicalizando no corte de cabelo. Algumas vezes nem é um corte assim tão curto, mas pra quem tem cabelão qualquer centímetro a menos já é uma difícil decisão. Marina Ruy Barbosa que o diga, né? Tinha um cabelão longo, ruivo, brilhoso e super elogiado. Mesmo assim passou a tesoura e olha: ficou maravilhosa!

Preciso confessar que sou do time das que amam cabelo longo, mas ultimamente tenho gostado muito dos cabelos mais curtos. Acho difícil eu tomar coragem e radicalizar mesmo, mas já estou virando admiradora dos curtinhos. Bruna Marquezine é outra famosa que deu uma bela repaginada, não cortou tanto assim, mas passou a tesoura e diminui uns vários centímetros.

Sophie Charlotte, Ashley Tisdale e Demi Lovato são outras celebs que aderiram ao curtinho. E cá entre nós ficaram muito mais mulherão né? Marina Ruy Barbosa mudou da água para o vinho: de adolescente a sexy woman!

Quem tem aquela vontade de cortar acho que super vale a pena investir nos curtinhos. Acontece que falar de celebridades é bem diferente de pensar em como cuidar do cabelo curto na vida real, né? Marina, Marquezine e outras globais têm acesso aos melhores cabeleireiros e estão sempre impecáveis, mas pra quem tem que se virar todos os dias sozinha a história é outra. Por isso, resolvi perguntar a três amigas minhas que cortaram o cabelo recentemente os prós e os contras dos curtos (escolhi três, mas tenho várias amigas aderindo aos curtinhos, tá super na moda!). Ah, e coloquei o instagram delas para quem quiser seguí-las. 😉

post-blog-mulheres-de-cabelo-curto-01A Gabi foi diminuindo o tamanho do cabelo aos poucos, parece que a cada semana ela postava uma foto com o cabelo menor. Mudou o comprimento, a cor, fez franja e está amando o novo cabelo!

Vantagem: Primeiramente o frescor quando se mora numa cidade quente. A leveza no meu caso que além de cabelo comprido sempre tive cabelo pesado. Se olhar no espelho e se sentir reinventada, porque eu enjoo de tudo e sim, até de mim. Sempre gostei de mudar o que pudesse, já fui lora, sou naturalmente morena, já tentei o vermelho que não combinou muito e agora to numa vibe mais ruivo acobreado. Cortava pontas, repicava e não me sentia satisfeita. O calor foi piorando, e o tempo pra simplesmente lavar o cabelão ia diminuíndo com a rotina do trabalho, pois gastava muito tempos secando depois. Percebi que queria algo que radicalizasse a visão que eu tinha de mim mesma, e quando vi Sophie Charlotte em “Sangue Bom” tive a certeza que uma mulher não perdia a feminilidade nem o charme por não carregar na cabeça uma peruca até na bunda. Não é a primeira vez que tenho cabelinho, mas fiquei muitos anos cultivando cabelão. Hoje, acho difícil deixar crescer novamente. Me viciei em cortar. Mas tudo é fase. Eu sinto que me encontrei nesse corte e é o que ouço de muita gente também, apesar de sempre falarem “como vc foi corajosa!” Aconteceu de amigo no facebook comentar abertamente em foto “eu adoro um cabelão, mas te pego toda hora de cabelinho! Ficou gata demais!” A repercussão foi melhor do que eu esperava.

Desvantagem: acho trança um penteado muito charmoso e agora não posso mais. Sempre usei muito coque porque acho despojado e também sinto falta. Também não dá pra sair do banho e deixar secar, o cabelo curto requer molde e nem sempre você tá com saco ou tempo pra isso. Mesmo assim não me arrependi um minuto sequer.

corte-de-cabelo-post-blog-3

 

Já a Ana cortou o cabelo em uma ação da faculdade que fez parte do Outubro Rosa. Ela doou 30 cm do cabelo!

“Chorei porque minhaavó já teve essa doençae durante o corte me lembrei da luta dela para vencê-la, o que, infelizmente, não aconteceu. Fiquei feliz por ter feito essa ação. É um ato tão pequeno, mas que vai fazer um bem pra tanta gente e por tanto tempo, já que ele reutilizam as perucas doadas”, explicou a aluna.

Vantagem: Fica muito mais fácil para cuidar.

Desvantagem: Não vi muito ainda.
corte-de-cabelo-post-blog-2A Sheila tem um cabelo preto ma-ra-vi-lho-so! Logo depois que casou tomou coragem e cortou curtinho, eu amei!

Vantagem: É mais pratico, menos calor e sinto que fica mais bem cuidado por mais tempo tipo na hidratação. Pode ser doidera mas cabelo grande parece que fica sujo mais rápido, o meu pelo ao menos. Ah e tô me sentindo mais mulherão haha! Cabelo comprido passa um ar mais angelical pelo ao menos no meu caso.

Desvantagem: Não da tanta variedades de penteados, né? Ao menos por enquanto vi só essa por agora.

Importante lembrar:

Não é porque tá todo mundo cortando que você precisa cortar o cabelo, hein! Antes de qualquer moda seu estilo, seu gosto e suas preferências devem prevalecer! Não adianta nada um corte curto só porque está na moda, se você ama cabelo longo! Seu estilo acima de tudo, sempre!

Quem quiser cortar muito ou só as pontinhas eu indico a Glendha que é parceira aqui do blog e sempre fez exatamente o que eu pedi. Quando quis tirar só as pontinhas ela tirou o mínimo; quando eu disse que podia variar no corte, mas sem tirar no comprimento ela repicou bastante e o comprimento ficou o mesmo. Indico demais!

Glendha Salão e Estética
Rua Dinamarca, 61 – Grã Duquesa
Governador Valadares – MG
Tel,: (33) 3084-4588 

Comentários

comentários

02 comments on “Cabelo curto na vida real

Deixe uma resposta para Juliana Rangel Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *