Breve comentário sobre ‘A Teoria de Tudo’

 

a_teoria_de_tudo

Há algum tempo, passeando pela locadora, encontrei para alugar o filme “A Teoria de Tudo”, quando li a sinopse descobri que contava a vida do físico e cosmólogo britânico Stephen W. Hawking, mundialmente famoso por seus feitos na área da ciência, não o aluguei naquela oportunidade, entretanto, guardei o nome do filme.

O que eu não sabia era o que esse filme poderia me proporcionar. Há dois dias resolvi assisti-lo e até o momento encontro-me em absoluto deleite pelos prazeres que o mesmo me deu. Além da narrativa do filme ser a biografia de um dos homens mais brilhantes do mundo ainda vivo, cria no telespectador uma vontade de valorizar a vida, de se superar, de acreditar em si mesmo que realmente me deixou flutuando.

5521

A autuação de Eddie Redmayne no papel de Hawking é um capítulo à parte, não a toa mereceu o oscar de melhor ator. Interpretação crível e brilhante faz você realmente se teletransportar para o universo das inúmeras limitações que a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), sem parecer forçado ou piegas e o melhor ainda como ter uma vida produtiva mediante tantas dificuldades. A força que existe dentro de cada um de nós que muitas vezes não nos damos conta disso e mais importante ainda, o quanto lamentamos ou nos desesperamos com acontecimentos tão simplórios, até indignos de tanto “drama”.

a teoria de tudo

Depois que assisti ao filme fui ler sobre a vida de Hawking, sobre a doença, sobre sua esposa Jane, sobre sua segunda esposa Elaine, sobre o ateísmo, fui ler, ler e ler…isso só comprova que quando um filme é bem feito, a estória bem contada, dando ênfase aos acontecimentos relevantes, sob um ângulo que te empolgue, ele te prende muito mais do que as 2 horas da sessão,  você acaba ficando curioso pra conhecer mais os assuntos relacionados, ele te prende pra sempre, e quer saber duma coisa, eu adoro ficar presa desse jeito!

por Monique Teles

Comentários

comentários

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *